sábado, 16 de julho de 2011

Idolos 2011... O resultado do vencedor vazou antes do anuncio oficial...

O resultado vazou no site do programa da Rede Record quase meia hora antes do anúncio oficial


Henrique Lemes de 16 anos, saído de Guaramirim, em Santa Catarina, foi o escolhido pelo público e grande vencedor do Ídolos 2011, desbancando 49 mil candidatos. Em segundo lugar ficou Higor Rocha, também de 16 anos. "Lutei muito para estar aqui e consegui. É um sonho, uma realização e estou muito feliz", disse o ganhador após o término do programa.
Depois de três meses no ar, o último episódio da temporada foi exibido ao vivo direto do Via Funchal, em São Paulo. Já passava das 01h30 da manhã quando Rodrigo Faro anunciou Henrique como o vencedor com a maioria dos sete milhões de votos, recorde de todas as outras edições. "Foi surpreendente esse número e o programa, por ser ao vivo, saiu perfeito. Agora só falta para o Henrique uma ótima gravadora e que este ídolo seja ídolo também para todas as emissoras porque o Braisil que elegeu", disse o apresentador. 

Porém, um erro no site do programa já o anunciava como vencedor meia hora antes do resultado oficial ser apresentado ao vivo no palco. A assessoria da Record não quis comentar o assunto. 
fonte: ig.com.br
Nobres amigos, programas como este, a Fazenda... BBB... etc... já têm seu leque de opções preparados para a fatura final  e tratam seus expectadores como ignorantes.
Como podem pedir para votar $$ até o último instante sendo que meia hora antes do anúncio o site já anunciará o campeão.
Para quem fica votando pensando que está contribuindo com o futuro artista, reflita só um pouquinho. O seu dinheiro não volta para você. O milionário do BBB, ou o Idolo da Record, não divide nada com você e por que você acha que ele tem que ser milionário e não você?


segunda-feira, 11 de julho de 2011

Greve dos Servidores da Saude no DF é ilegal

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios jconsiderou, nesta segunda-feira (11/7), que a greve dos servidores da saúde é ilegal. O tribunal já havia determinado, também nesta segunda, multa diária de R$ 100 mil em caso de descumprimento da decisão judicial que os obriga a voltar ao trabalho.

O GDF havia pedido à Justiça, no dia 5 de junho, o aumento do valor da multa prevista para o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde (Sindsaúde), de R$ 30 mil para R$ 150 mil. O governo solicitou, na época, que a greve fosse julgada como ilegal.O TJDFT ainda negou hoje, por unanimidade, o pedido feito pela categoria para revogar a decisão liminar que determinou, no dia 30 de junho, o retorno dos servidores da saúde às atividades.PropostasNo fim da tarde desta segunda-feira (11/7), uma reunião entre integrantes do GDF e do SindSaúde foi iniciada no Palácio do Buriti. Após receberem as propostas do governo, os representantes do SindiSaúde devem se reunir para avaliar como apresentar os resultados do encontro à categoria.ParalisaçãoOs servidores iniciaram a greve no dia 27 de junho como forma de pressionar o GDF a aceitar as reivindicações da categoria. Já no dia 28 de junho, o governo anunciou o corte do ponto dos grevistas. Depois, entrou na Justiça com um pedido de ilegalidade da greve.


A categoria pede a reestruturação do plano de carreira, incorporação de 100% da gratificação, aumento do auxílio-creche, reajuste do auxílio-alimentação, entre outros pontos. Cerca de 10 mil servidores da saúde de nível escolar básico, fundamental e médio aderiram ao movimento.

Também há uma parcela de empregados de nível superior. Na greve, há ainda técnicos de laboratórios, de enfermagem e de informática, fundamentais para o funcionamento de hospitais e dos centros de saúde e na assessoria aos médicos.
fonte: correioweb


Senhoras e senhores, quem ainda não vivenciou, por gentileza, tire meia-hora do seu dia e tente visitar um hospital no Distrito Federal. O que mais vemos são servidores tentando fazer o seu trabalho, TENTANDO, e infelizmente acaba transparecendo irritação ou mal atendimento por parte deles, isso se dá pelo fato de não terem ferramentas para fazer o atendimento da forma devida.
Une-se a isto, a questão das melhorias solicitadas por seus sindicatos.
O problema é de gerência governamental, sem dúvida. 
Frase de um grande amigo meu: "Se não roubar, dá"! 

sábado, 9 de julho de 2011

Os Sinais

" Ah, se descobríssemos o que os sinais nos dizem"!

Na campanha eleitoral passada, diante de toda crise institucional que ainda pairava sobre nossa cidade, vimos uma forte ala esquerda preparada para exterminar todo ser atrelado ao mensalão.
O momento era de ter todo apoio possível para não deixar espaços aos remanescentes da Era Arruda. O que não se sabia é que tudo já estava planejado para o futuro próximo. Se a gente pudesse descobrir o que nos dizem os sinais, fatalmente teríamos optado por outros escolhas.
O slogan do atual Secretário de Governo, era o seguinte: PAULO TADEU "Esse é o cara". Penso que agora todos entendemos o por que deste slogan. 
Vimos uma publicação de um vídeo de Erica Kokay, Jean Willis e Prof. Israel Batista confrontando pessoas que lutam pela família e moral. Pior que isso, afrontam a Deus e a Bíblia. É histórico que todos que afrontaram ou zombaram de Deus tiveram seus fins catastróficos, para os cristãos evangélicos ou católicos que ajudaram a eleger esses deputados é momento de refletir sobre suas escolhas.

Por fim, vamos vivendo, aprendendo e apanhando. Ciclo da vida.